03 outubro 2010

Um olhar sobre a política


Caros leitores, hoje é um dia decisivo em todo o país. Nele, escolheremos nossos representantes na política pelos próximos anos. Trata-se então de um momento para muita reflexão para todos nós. É fundamental escolher bem seus candidatos, pesquisar o passado de cada um, conhecer suas propostas e aliados. Por isso, todo e qualquer detalhe deve ser levado em consideração para que se faça nas urnas um voto consciente e responsável.

Vale ressaltar que a falta de opções têm se tornado cada vez maior, seja por causa da corrupção de uma grande maioria ou pela banalização política que muitas vezes ocorre devido ao lançamento de alguns candidatos sem experiência, porém conhecidos pelo povo por suas vidas públicas enquanto celebridades. Ter carisma é uma arma letal nesses casos, pois essa se carrega de uma munição poderosa chamada mídia.

Talvez nos dias de hoje pesquisar sobre política, partidos e candidatos tenha se tornado mais fácil devida à expansão da internet. Claro que continua sendo difícil encontrar informação de qualidade sendo transmitida de forma imparcial e neutra tendo em vista o que acontece com o restante da grande mídia (jornais, rádio e Tv) que trabalha de forma tendenciosa no que diz respeito à cobertura política. Isso acontece de várias formas, algumas nem sempre ``visíveis a olho nu``, como é o caso da escolha de perguntas em entrevistas com candidatos com mais intenção de votos. Ainda sobre isso, é importante pensar em como seria interessante se conhecêssemos todos os candidatos de forma igualitária com mesmo tempo de horário político ou com as mesmas oportunidades de aparecer em debates e entrevistas da grande mídia, em especifico a televisiva.

No entanto, como ia dizendo, a internet dá esse espaço para conhecermos melhor nossos possíveis e futuros representantes no estado e no país. Temos acesso a sites de partidos ou de candidatos. Isso é uma grande diferença em comparação aos anos anteriores. Outro dado interessante é a oportunidade de suscitar o debate político através dos blogs, meios de comunicação que tem ganhado cada vez mais força nos últimos anos. É claro que a liberdade usufruída tem começado a incomodar e por isso algumas sombras da censura têm feito seu papel de assustar blogueiros pelo país, o que é lamentável visto que a liberdade de expressão, enquanto direito, deve ser utilizada para conscientização e reflexão acerca de temas importantes para todos.

Sobre a escolha que cada brasileiro fará hoje, é importante ressaltar a importância de não só conhecer quem são essas pessoas que queremos eleger como também buscar formas de acompanhar seus projetos e nos manter informados sobre suas ações durante o mandato. Também é importante lembrar que muitas vezes ao escolher determinado (a) candidato (a) estamos também escolhendo seu partido e suas idéias. Afinal de contas, é o partido político que teoricamente norteia as ações que serem conduzidas pelo seu representante. Digo teoricamente, pois, como a própria história mostra, muitas vezes as alianças podem influenciar de forma negativa um mandato.

Enfim, de qualquer modo, deixo aqui a minha reflexão para que possamos fazer boas escolhas no dia de hoje votando de forma responsável e consciente.   


Obs: No sentido de contribuir para a pesquisa e conhecimento político, faço questão de compartilhar com vocês dois endereços de sites que recebi nesse sábado da minha prima Michele Corrêa de Castro. Já pesquisei ambos e acredito serem de muita importância para o monitoramento político dos candidatos em que pretendemos votar. Segue abaixo os endereços e as respectivas descrições do sites:

    Neste site você consegue saber quais os deputados federais, atualmente em exercício, que mais têm afinidade com as suas idéias em relação aos projetos tramitados no Congresso durante o ano. Você responde a um rápido questionário com suas posições a respeito de cada assunto (contra ou a favor) e o site compara com a posição assumida pelos parlamentares.

    Neste site você consegue saber todos os candidatos (e suplentes) por cargo e estado da federação e sua ficha cadastral, principalmente, se ele está apto ou não, conforme a lei da ficha limpa. Por exemplo, eu fiquei sabendo que o meu candidato a senador está apto, mas seus dois suplentes não estão, o que significa que se ele for eleito mas vier a ocupar um cargo no futuro governo seus suplentes não poderão assumir o seu lugar.

21 comentários:

  1. Diferente do que eu pensava, votar não é tarefa fácil.
    Minha conciência é meu melhor amigo e meu pior inimigo, não me perdoaria esquecer daqui á seis meses em quem votei, ou votar simplesmente por influência da midia.
    Mas, como vc mesmo citou, hoje, apesar da internet e da grande difusão de diferentes pontos de vista ainda continua dificil estabelecer um ponto de vista livre de influências, um pensamento independente.

    obs, o site do terra tem um espaço destinado ao plano de governo e a ficha de cada candidato a presidência, vale á pena conferir.

    abs.

    ResponderExcluir
  2. Interessante o post, gosto de ver as diversas opiniões sobre politica.

    ResponderExcluir
  3. Post necessário! Acho que todo e quaquer eleitor necessitava de ler um pouco dessas palavras antes de ir às urnas e questionar-se algumas vezes sobre a real sanidade de seus votos.

    Pena que no Brasil o analfabetismo político é incrivelmente grande e os caras do poder fazem o possível para que isso não mude, pois uma maior conscientização e consciência cívica certamente faria com que boa parte desses que hoje nos representam não estivessem ocupando os cargos que ocupam.

    ResponderExcluir
  4. Siceramente, é um pé no saco sair de casa no domingo para ir votar!
    Sou a favor do voto facultativo.

    ResponderExcluir
  5. Siceramente, é um pé no saco sair de casa no domingo para ir votar!
    Sou a favor do voto facultativo. ²

    http://jorge-slimshady-nightcrawller.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. muito bom o port...abç

    http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Michele C. de Castro3 de outubro de 2010 09:37

    Interessante o texto, principalmente em tempos de banalização da política ou em tempos que ainda as pessoas personificam a política, sem analisar de fato a história do partido e do candidato e, sobretudo, o programa político e a ideologia dos partidos. Abaixo segue uma poesia de B. Brecht que também aborda o assunto de maneira bastante provocativa. Beijos e não confundam cidadania apenas com o ato de votar, mas vote consciente... ass: Michele C. de Castro

    O Analfabeto Político
    Bertold Brecht
    “O pior analfabeto é o analfabeto político.
    Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
    Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão,
    do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia
    a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta,
    o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo." Nada é impossível de Mudar.
    "Desconfiai do mais trivial, na aparência singela.
    E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
    Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de
    hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural
    nada deve parecer impossível de mudar."
    Privatizado
    “Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar.
    É da empresa privada o seu passo em frente,
    seu pão e seu salário. E agora não contente querem
    privatizar o conhecimento, a sabedoria,
    o pensamento, que só à humanidade pertence."

    ResponderExcluir
  8. Foda...

    Não tô confiante nesta eleição.

    Samuel.

    ResponderExcluir
  9. MUITO BOM ESSE POST, ESCLARECEDOR E LUDICO. VALEU POR TER ENTRADO NO MEU BLOG E COLOCADO UM COMENTÁRIO. ESPERO SIM QUE AS PESSOAS TENHAM CONSCIÊNCIA PARA DECIDIR O FUTURO DA NAÇÃO.

    JÁ ESTOU SEGUINDO O TEU BLOG.

    ABRAÇÃO E FICA COM DEUS.

    http://jesuschrististherock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Vale a pena lembrar que temos que olhar o suplente! Muitas vezes não olhamos e pensamos estar fazendo o certo e estamos fazendo cacá na porta de casa!
    Muito bom o texto e o blog.
    Retribua a visita e o comentário
    http://paginazabertas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Informação, procura, pesquisa, são fundantes neste processo democrático, além do voto, que tem lá suas controversas, que outro meio existe para exercer a tal cidadania?! Temos?!

    Pois então.

    É preciso reconhecer os verbos, a política é uma esperança!

    ResponderExcluir
  12. Eu já fui votar.
    Estudei bastante a vida política dos meus candidatos.
    O que eles poderiam oferecer para nossa cidade,nosso país?Essa foi minha principal preocupação.
    Acredito que podemos ser um estado e uma nação muito melhor.
    Como uma cidadã de bem,finalizo este comentário na certeza de que o Brasil tem um futuro lindo pela frente.
    Sucesso para o Brasil!!!

    ResponderExcluir
  13. Algo que me anima um pouco, é que para alguns jovens a política está se tornando algo interessante... tomara que daqui a alguns anos, todos se importem e elegem direito seus governantes e cobrem deles os seus direitos...
    antes que seja tarde demais...

    ResponderExcluir
  14. só eu sei a tensao que foi pra mim votar pela primeira vez! rs

    ResponderExcluir
  15. muito bom o texto.
    esse assunto é bem complicado.
    mas todos sabemos que é importante e tem que ser dada a devida atenção.
    espero que tenhamos feito a escolha certa (yn)

    ResponderExcluir
  16. Cumpri meu papel no dia de hoje, agora é esperar pelo segundo turno e confesso que me sinto perdida.
    Não conhecia o primeiro site que você indicou, mas gosto muito do site do TSE.

    ResponderExcluir
  17. Votar é uma ferramente pelo qual definimos nossos adm. publicos, aquele que irão de certa forma destribuir o que arrecadam do dinheiro que contribuimos...mas existe um triste frase que diz a realidade;
    "Quem elege não são os que lêem jornais, mas sim os que limpam a bunda com eles..."

    ResponderExcluir
  18. realmente, agora muitos cumpriram seus papéis. agora é aguardar e ver o resultado temeroso :/
    vi na comu do orkut :D
    passa lá: www.bellanoblogg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. gostei bastante do post .. infelizmente o resultado não foi de meu agrado , mais para alguns sim né então .. o brasil tem que mudar o olhar .. e olhar para não o dia da votação mais sim para que o dia da votação e o dia do nosso futuro;

    espero sua visita :)
    http://meuqueridoconto.blogspot.com/ e http://mundosemcensura.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Comente apenas se tiver algo a ver com a postagem. Por isso, comentem de verdade!!!!