03 janeiro 2011

O primeiro vôo




Caros leitores é como muita alegria que compartilho como vocês hoje uma experiência recente: o meu primeiro vôo. Fico até sem palavras para descrever com detalhes, pois parte destes foram anotados e mantidos com o intuito de preservar a sensação de calor do momento que pretendo passar nessas próximas linhas.

Bom, tudo começou quando há exatamente um mês planejava minha viagem de final de ano. Assim como fiz antes aproveitei a oportunidade dada pelo calendário para visitar novamente minha namorada Adilean em Belo Horizonte, Minas Gerais. Acho que não preciso nem dizer o quanto cada segundo lá foi maravilhoso ao lado dela. E foi por causa dela que resolvi comprar uma passagem de avião, pois assim poderíamos ficar mais tempo juntos. Talvez, por sorte, tudo conspirou ao meu favor dessa vez mesmo que a sensação de que a ``ficha caiu`` tenha demorado bastante para chegar. Na verdade, só fui parar pra pensar nisso minutos antes quando já estava no aeroporto.

Infelizmente, mas nem tanto, houve um atraso no horário de partida. No entanto, não foi nada que pudesse estragar o meu dia que, por sinal, estava bem chuvoso por volta das 19h e pouco no aeroporto de Confins. Sabia que de uma forma ou de outra a minha oportunidade de vivenciar esse momento era iminente. Eu senti isso de alguma forma. É claro que nada mudou quando começaram a chamar os passageiros do vôo para o embarque. Nada a não ser o nível de ansiedade aumentado a cada instante. Sentimento esse aliado a uma imaginação fértida e alimentado por alguns filmes que, por sua vez, eram responsáveis por construir a imagem que tenho desse meio de transporte tão singular.

E como não podia deixar de ser, o grande momento chegou após alguns anúncios de segurança transmitidos pelas aeromoças e mais um período de espera. Não me recordo muito dessas cenas, pois para poder fazer o tempo passar mais rápido optei por ouvir algumas músicas no meu celular. Entre elas, estavam a trilha sonora do filme ``Across the Universe``. Bom, como ia dizendo, o avião estava começando a decolar e a cada minuto que ele avança sob a pista era um misto de curiosidade e ansiedade pura sem igual.

Nossa! Uau! Que legal! Essas são basicamente as expressões ditas por mim na frente da janela enquanto observava o solo se distanciando de nós. Era uma sensação nova e mágica, como se estivesse vivendo em um filme. Foi lindo ver aquele show de luzes cada vez mais distantes, mas que formavam uma espécie de constelação terrestre. O mesmo pode ser dito enquanto o avião sobrevoava a cidade de São Paulo, pois além do show visual havia também o contorno que a luminosidade fazia em torno de prédios, estradas e o que mais poderia ser identificado de longe. Enfim, valeu a pena cada detalhe dessa minha primeira vez vendo o mundo literalmente por um outro ângulo.

13 comentários:

  1. Voar é bom demais, desde o momento que se entra no avião até quando se põem os pés pra fora.

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Bacana sua experiencia, quando fui pra porto seguro, eu fui de avião também, não fiquei com medo, apenas ansioso, e na hora que decolou parecia que eu tava numa montanha russa quando desse e da aquele impacto, tirando isso nada de emocionante tava de noite ehauhea

    da uma passada la no meu blog tbm
    http://atordoadojr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. O que antes era privilégio de poucos, vai barateando e se popularizando...

    Também sou doida para voar...

    ResponderExcluir
  4. Poxá que interessante seu post.Adorei!
    Hoje em dia são poucas pessoas que nunca andaram de avião. Eu amoooo viajar de avião, como você mesmo vivenciou é muito bom, você decolando, chegando e lá em cima.é confortável e agradável!
    E muito mais rápido é claro rs
    Que bom que passou mais tempo com sua namorada. Felicidades
    e que você anda muito mais agora de avião! rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Legal Marcus. Apesar de se tornar cada vez mais comum hoje em dia, não deixa de ser algo prazeroso e inesquecível se é a primeira vez. Ainda não voei, mas está perto.
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Voar, voar... Sempre queremos imitar os pássaros. 1º voo é emocionante!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu imagino sua ansiedade neguinho.
    O que você sente eu sinto.
    Te ver partindo,me deu um pouquinho de medo,mas saber que você chegou bem e que fez uma linda viagem;me tranquilizou.
    O céu é o nosso limite!!Um beijo.
    Eu também quero voar!Te amo muito.

    ResponderExcluir
  8. Quando eu era criança, meus pais tinham uma condição financeira mais folgada, então fazíamos anualmente viagens Brasil afora de avião. E confesso que prá mim o vôo era o ponto alto: subir aquela escadinha dando tchau pros nossos (isso faz um tempinho), o cheiro do avião, a janelinha, o banheiro pequenininho cheio de botões e alavancas, a comida toda separadinha em várias compartimentos...
    Depois, passei uns bons anos sem "voar" e qdo voei novamente, procurei aquela magia no avião e... neca! Mesmo pq a comida agora é uma barrinha.
    Mas olhar o horizonte e as nuvens lá embaixo, além da sensação de estar suspensa no ar, são fantásticas!

    ResponderExcluir
  9. po, bem legal o texto e bem legal poder "dividir" com vc esse momento, vivenciar através das suas palavras.

    E obrigada pelo comentário no meu blog. Adorei =)

    Beijoos.
    http://agarotaquetemquasetudo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Má esse namoro tá ficando é chique viu? É uma delícia andar de avião não é mesmo? O momento mais emocionante é a decolagem e o pouso...lá em cima tudo é mais parado, a não ser o barulho da turbina que a tdo momento não nos deixa esquecer que estamos a bordo de uma máquina voadora.
    Emocionante é passar por dentro das nuvens ou pegar uma leve turbulência...dá um friozinho na barriga...
    Atenção senhores passageiros chegamos ao nosso destino: Adilean e Marcus...desejo a todos um bom desembarque!
    Beijos, Fernanda

    ResponderExcluir
  11. Bacana você escrever aqui no blog sobre essa sua experiência e como se sentiu em seu primeiro vôo.
    Eu também me lembro, há muitos anos atrás quando fiz Rio-SP....
    É uma sensação inexplicável.
    Abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  12. Dsculpa a demora, mas mt obrigada pela participação no meu blog.
    Volte qnts vzs quisr, pois sua opnião eh mt important para nós.

    Estou seguindo seu blog.


    Um beijo e boa noite.

    Danny

    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. eu não vejo a hora de também poder voar pela 1ª vez e poder relatar no meu blog!

    http://seenovidadeeuquero.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comente apenas se tiver algo a ver com a postagem. Por isso, comentem de verdade!!!!